As vantagens em aderir ao treinamento funcional

O treinamento funcional se baseia nos movimentos naturais do ser humano, como pular, correr, puxar, agachar, girar e empurrar. O praticante ganha força, equilíbrio, flexibilidade, condicionamento, resistência e agilidade. Ele tira a pessoa dos movimentos mecânicos e eixos definidos ou isolados, como acontece na musculação. Por isso, virou uma alternativa para quem estava cansado dos exercícios mais tradicionais na academia.

 

 

BENEFÍCIOS DO TREINAMENTO FUNCIONAL
Uma das principais vantagens do treinamento funcional é o número amplo de exercícios diferentes. O treinamento é dinâmico, não monótono. Metade do tempo que você destinaria ao tradicional equipamento de musculação, você consegue otimizar nesse treino. O treino funcional melhora a habilidade e aptidão para realizar movimentos cotidianos, como agachar, levantar, puxar, empurrar e saltar. Além disso, melhora o desempenho na atividade física e ajuda a prevenir lesões musculares e, ainda, aprimoram o funcionamento cardíaco, facilitam a circulação sanguínea e fortalecem tendões e articulações.

DESCUBRA POR QUE EMAGRECE
Como o treino é integrado e usamos vários músculos ao mesmo tempo, mantemos a frequência cardíaca elevada e isso traz resultados para o emagrecimento. Recomendamos um treinamento com séries alternadas por segmento (ex.: costas e peito, quadríceps e posteriores de coxa etc), repetições acima de 16, com intervalos apenas de transição de um exercício para outro. Isso deixaria o treino dinâmico e com alto gasto metabólico.

BENEFÍCIOS
1. O treinamento funcional ativa mais fibras musculares e tonifica as curvas por completo, sem dependência de exercícios específicos para o bumbum ou a barriga, por exemplo.

2. O treino funcional pode ser feito de acordo com os objetivos de cada aluno. Quer trabalhar mais glúteos e pernas? Existem estratégias para chegar a esse resultado, mas sem esquecer outros grupos musculares.

3. Melhora a postura e a consciência sobre o próprio corpo. O treinamento funcional fortalece os músculos que ajudam a manter a coluna reta, proporcionando mais conforto ao andar ou ficar horas sentado.

4. O treino funcional reduz as dores nas costas fortalecendo a chamada “região do core”, que compreende músculos das regiões lombar, pélvica e do quadril.

5. Xô, monotonia! A combinação de diferentes habilidades, como o treino aeróbico com o de equilíbrio, faz surgir infinitas variações de atividades no treinamento funcional.

6. Auxilia no funcionamento do sistema cardiorrespiratório, já que o treino funcional exige velocidade na realização das tarefas e permanência nelas por mais tempo.

7. Emagrece e Define os Músculos: No treinamento funcional, há maior complexidade do movimento e, portanto, mais gasto de energia.

8. O treinamento funcional é uma forma interativa de desenvolver a percepção dos movimentos.

9. No processo de reabilitação, o treino funcional colabora na recuperação de estruturas afetadas por lesão trazendo fortalecimento e prevenindo.

 

By |2017-11-06T17:05:10+00:0027th outubro, 2017|Treinamento Funcional|0 Comments